aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Resultado da busca

hérnia do disco

Em 1990 fui operado de hérnia do disco, L5-S1. Em 1992, ainda sofrendo das sequelas da cirurgia, gordo, fraco, mole, triste e cheio de dores fui procurar uma profissional de RPG, que tirou esta foto na primeira sessão.
De lá pra cá melhorei muito, mas o fantasma das dores lombares não me abandonou.

é isso, por fernando stickel [ 10:01 ]

tempo, memória, dormonid


O tempo, a memória e o Dormonid

Há uma semana atrás, no dia 14/9/2017 acompanhado da minha mulher Sandra entrei no hospital às 8 horas da manhã para realizar cirurgia de hérnia inguinal do lado esquerdo.

Após recepção e check-in subimos para um quarto provisório, o definitivo só após a cirurgia. Pouco a pouco foram chegando os enfermeiro(a)s, médicos da equipe de cirurgia, fui recebendo instruções, tire a roupa, coloque esta camisola azul (que te deixa com a bunda de fora…) deite na cama, tiraram minha pressão, picaram meu dedo para subtrair uma gotinha de sangue, mediram minha temperatura, etc… e assim foi até o maravilhoso momento da aplicação de uma minúscula injeção em minha nádega direita: DORMONID!!!

Deitei na maca com rodinhas e lá fui empurrado pelos corredores em direção ao centro cirúrgico, fiquei olhando o teto dos corredores, luminárias, grelhas de ar condicionado, luminárias… grelhas… e nem percebi que apaguei.

Não me lembro do meu retorno ao quarto, porém me lembro de uma única coisa, me mostraram um saquinho plástico com coisas do meu corpo dentro, uma visão David Lynchiana…

Os médicos vieram me visitar, e óbviamente não lembro de nenhum deles, porém comentaram que interagiram comigo, conversaram…

Não lembro dos horários nem dos rostos nem de nada, acho que jantei, e de lá para cá o tempo e as memórias se condensaram, ou se expandiram, ou simplesmente desapareceram. Desconfortos, dores, tudo vai sumindo…

Mais alguns dias e mal lembrarei desta cirurgia…

Às vésperas de completar 69 anos de idade, a quantidade de cirurgias vai aumentando, amígdalas e implante de placenta na adolescência, hérnia de disco com 40 anos, catarata, ombro, e agora hérnia inguinal… Vamos em frente!!!

é isso, por fernando stickel [ 8:33 ]

hoka one one


Fui convidado a conhecer uma nova marca de tênis, trata-se do Hoka One One, designed in California, made in Vietnam.
Gostei tanto que comprei um, até fiquei animado a tentar uma corridinha, algo que não faço desde minhas operações de hérnia de disco!

é isso, por fernando stickel [ 16:25 ]

martha e ernesto

conceicao

Em Floripa, no almoço de comemoração do aniversário de 90 anos do meu tio Ernesto George Diederichsen, minha mãe Martha (84) e eu (62).
Minha mãe e meu tio parecem ter em suas composições corporais elementos como o aço inox e o titânio, tal a disposição que apresentam! Eu reclamo muito das sequelas das minhas cirurgias de hérnias do disco, mas bem ou mal pareço ter herdado um pouco da disposição deles.

diederichsen
O almoço foi oferecido à família e aos amigos no Restaurante Ponto de Vista, com fantástico panorama da Lagoa da Conceição.

é isso, por fernando stickel [ 11:30 ]

dia das mães

mae
O primeiro Dia das Mães da minha filha Fernanda.
Estava tudo combinado para o almoço em família, 16 adultos e o meu neto Samuel nascido em 22 Março, quando a Fernanda me ligou no domingo por volta das 10 da manhã e avisou, bem calma:
– Pai, estamos no hospital.
O Samuel estava com refluxo já fazia uns três dias, a coisa piorou e o pediatra encaminhou ao hospital para exame. Fizeram ultrassom e deu a possibilidade de mal formação do piloro, a válvula que separa o estômago do intestino.
Eu cheguei logo depois no Hospital Santa Catarina, conversei com o Ernesto, pediatra de plantão que muito simpático e solícito explicou todo o cenário, e a necessidade de um segundo exame com contraste para confirmar o estreitamento da válvula, que impede o bolo alimentar de seguir o seu curso normal.
Resumo da ópera:
Fez-se o segundo exame à tarde, que confirmou o diagnóstico, em seguida a médica examinou o bebê, que logo subiu para a cirurgia, e meia hora depois voltou, recebeu medicamentos via soro e dormiu, juntamente com os pais.
Hoje cedo mamou normalmente, passou o dia na rotina e agora há pouco a família voltou para casa.
Ufa!

O Hospital Santa Catarina foi impecável, a única nota negativa ficou por conta da Medial Saúde, que deu um cansaço fenomenal no Plauto, pai do Samuel, para aprovar a internação. São uns escrotos que se aproveitam do stress da família para tentar aumentar seus lucros.

A nota positiva foi para a mãe. A mais calma de todos, atravessou a crise como um transatlântico em meio à neblina, forte, certa, segura, com todos os radares ligados e os motores em baixa rotação, simplesmente fenomenal!
O Plauto vociferou com toda a razão com a menina da Medial, que não queria liberar a internação à qual o Samuel tinha direito por contrato, mesmo porque nasceu lá há apenas 45 dias!!!!!
Eu teria feito o mesmo, cambada de fdp! Depois de cerca de meia hora de gritaria e ameaças ao telefone finalmente liberaram.
Ufa!!!!!

santa
A fachada do Hospital. Neste complexo fui operado duas vezes de hérnia do disco, o Samuel nasceu e já foi operado, bem ou mal, o Hospital entra na história da família…

é isso, por fernando stickel [ 18:29 ]

natação em santos

nat
Acordar, tomar café, ler o jornal, ir ao banheiro, tudo rotineiro.
A diferença é que hoje, logo mais, pegarei o carro e irei para Santos, onde participarei da primeira prova de natação do Circuito Netuno de Travessia – 1ª Etapa, serão 750m. para a minha categoria, 60+ no Canal 6, Ponta da Praia.
O horário da prova, 15:00h não me agrada.
Enfim.
Ninguém me obrigou a competir, estou fazendo como desafio e estímulo ao meu treinamento, acho natação um esporte chato pra caramba, mas de insuperáveis qualidades, principalmente para quem, como eu, tem histórico de cirurgia em duas hérnias do disco (L5-S1 e L4-L5)

O segredo é controlar a adrenalina na hora da largada, não se deixar contaminar pelo frenesi, e tentar manter o ritmo que você já conhece.
Té já!

é isso, por fernando stickel [ 10:07 ]

tcc à banca

banca
Gente, eu preciso contar para vocês a minha conquista.

Já fiz e experimentei várias coisas vida afora, importantes ou significativas na minha ótica, é lógico, o que não quer em absoluto dizer que o foram na ótica da vocês leitores e mesmo, ampliando o foco, na ótica do país, do planeta e do universo.
Ainda assim creio sinceramente ter derramado algumas gotinhas no lado positivo das coisas.
Honrei pai e mãe, escrevi dois livros, casei quatro vezes, sempre por amor e sempre acreditando que seria para sempre, tive três filhos maravilhosos, plantei inúmeras árvores, trabalhei, dei aulas de desenho durante quase vinte anos, me dediquei às artes durante algumas décadas e ao Terceiro Setor nos últimos seis anos, fui fiel aos meus amigos, farreei muito, galinhei mais ainda e creio ter magoado pouco (consideradas as proporções…).
Subi ao cume do Volcan Toco, sobrevivi a um acidente com veleiro no Canal de São Sebastião, me lancei de para-quedas, sofri duas cirurgias de hérnia-do-disco, viajei para um monte de lugares e continuo sobrevivendo com certa dignidade…

Mas hoje conquistei algo diferente, ao apresentar meu TCC da 5ª Turma do MBA FIA-CEATS em Gestão e Empreendedorismo Social à banca composta pelos professores Evandro Biancarelli e João Teixeira, na Sala da Congregação da FEA-USP.
Quase 20 meses de trabalho chegaram ao fim, é a chave de um longo, rico e trabalhoso processo.
Meu trabalho “As Fundações Familiares no Brasil, a Motivação dos Instituidores no Momento da Instituição, sua Evolução” foi considerado inédito pela banca, será publicado no site da FIA-CEATS, e adicionará uma gotinha ao conhecimento do Terceiro Setor no Brasil.

Preciso agradecer por ter tido a oportunidade de chegar ao final do MBA:
– À minha orientadora, Profª. Drª. Graziella Comini, que atuou em muitos momentos como um poderoso trator ao me arrastar para fora do lamaçal das minhas dúvidas e incompetências. (preguiça eu não tive…)
– À Sandra, minha mulher, pelo permanente incentivo e paciência.
– À Agnes Ezabella e João Lobato, Superintendentes da Fundação Stickel que seguraram a barra em muitos momentos da minha ausência,
– À Miriam, minha super secretária, sem a qual eu não chego à esquina.
– Aos meus colegas de turma, cuja companhia por si só foi motivo suficiente para permanecer na trilha.
– À Profª. Drª. Rosa Maria Fischer, professores, funcionários, colaboradores e palestrantes da FIA-CEATS, que me abriram a cabeça, e permitiram que uma grande parte de tudo o que eu aprendi pudesse ficar definitivamente incorporado ao meu ser.
– Aos instituidores, dirigentes, conselheiros e funcionários das oito fundações estudadas, que me permitiram coletar os dados do meu trabalho.

banca2
Na banca, os professores Evandro Biancarelli e João Teixeira e a minha orientadora Profª. Drª. Graziella Comini.

é isso, por fernando stickel [ 18:16 ]

envelhecer

natacao21.jpg
Envelhecer tem um aspecto absolutamente chato, muito chato e frustrante.
Enquanto sua cabeça vai muito bem, obrigado, o corpo insiste em te deixar na mão.
Trato de uma dor no ombro, a famosa lesão do manguito rotador, há mais de um ano, intermináveis sessões de fisioterapia e fortalecimento, tudo para poder treinar natação, com razoável eficiência.
Pois não é que reinicio a natação e o ombro volta a doer… Saco!

Detalhe: Escolhi investir na natação pelo meu histórico de hérnia do disco, etc…, justamente porque:

– A natação é uma atividade que não causa impacto nas articulações e nem na musculatura, portanto, não há risco algum de se haver lesões, como em outras atividades físicas.
– A pessoa que pratica natação regularmente trabalha o sistema cardíaco e respiratório. Isso faz com que seu condicionamento físico melhore.
– Quem nada os quatro estilos (crawl, costas, peito e borboleta) consegue trabalhar todos os grupos musculares do corpo, eliminando gordurinhas extras e fortalecendo a musculatura.

é isso, por fernando stickel [ 12:46 ]

santo protetor

esque.jpg
Acho que o Santo Protetor dos Operados de Hérnia do Disco esqueceu-se de mim, estou há cerca de três semanas com aquela dor chata no lombo, não é aguda, mas não me larga, prejudica o humor, não permite me dedicar aos esportes, estimula a inércia e o desânimo, até uma simples caminhada vira uma chatice. Que porre!!!

é isso, por fernando stickel [ 17:07 ]

criah movimento


Tenho mencionado aqui repetidas vezes as maravilhas que o Pilates operou no meu corpo, e o consequente bem estar com a eliminação de 99% das crises (infernais) de dores lombares e sequelas diversas das minhas cirurgias hérnias do disco.
Agora a Giu Bergamo, minha super professora tem site próprio, CRIAH MOVIMENTO.

é isso, por fernando stickel [ 10:01 ]

asma e eczema

Na minha infância e adolescência sofri muito de asma e eczema. Por volta dos 14 aos 16 anos minha pele era quase uma peneira, sempre arrebentada de tanto coçar. Tomar banho era um suplício, pois a água ardia nas feridas abertas da pele e adiar o banho por 24 ou 36 horas provocava suplício maior ainda.
Na esfera pulmonar, além do uso constante da “bombinha” Dyspne-Inhal para a asma, tive 5 pneumonias como criança e uma como adulto.
Por volta dos 30 anos de idade tudo isso entrou em um ritmo aceitável, e comecei a acalentar a idéia de que Deus já havia me presenteado sofrimento suficiente com a saúde.
Quando comecei a sofrer dores fortes no nervo ciático, que se transformaram aos 40 anos na primeira hérnia do disco, e aos 44 na segunda, achei que o Criador estava de sacanagem comigo, será que ele havia se esquecido da asma e da eczema???!!!

Lembrei disso por que ando sentindo umas dores esquisitas na coxo-femural direita, já sei que não adianta culpar o Universo, ele não conspira contra mim, é simplesmente o andar da carruagem, uns com dor aqui, outros com dor ali, alguns até melhoram com a idade, como acho que é o meu caso.

é isso, por fernando stickel [ 16:05 ]

problema do peso


O problema do peso. ( a morte prematura do Bussunda faz pensar…)

Durante toda a minha vida tenho sido acompanhado, tal qual uma sombra, pelo meu peso, nunca ideal, a não ser em brevíssimos períodos.
Duas hérnias do disco e suas respectivas cirurgias agravaram o problema, por conta de inatividade forçada, mau-humor e gula atiçada.
Estou com 57 anos e 90kg. No mínimo desde os 40, época da primeira hérnia, que brigo com a balança. Com cerca de 5 kg acima do peso ideal, luto para perdê-los, sei que é importante para a minha coluna e todo o organismo, mas não é fácil.
Trata-se de luta diária, sem trégua, pois adoro comer e beber.
Estou na faixa do sobrepeso, a obesidade se inicia, no meu caso, com cerca de 98-100 Kg. (já estive nos 98…)
Fico pensando nas centenas de milhares, possívelmente milhões de obesos mundo afora, na faixa dos 30-40 anos morrendo diáriamente de ataques similares ao que carregou o Bussunda para férias permanentes numa nuvem de esquina. Para eles, uma dor no peito e pronto, já foram, o duro é para quem fica.

é isso, por fernando stickel [ 13:43 ]

dor nas costas


Domingão enfiado dentro de casa, controlando uma das piores crises de dor nas costas que jamais tive.
Acho que foi paúra da cirurgia de catarata, pois um dia antes da operação tive aquele “crec” nas costas, entortei e fiquei, de frente, como a letra “S”. Estas sequelas da hérnia de disco não me largam por nada!!!!
Sei, por experiência, que uma crise destas demora por volta de 15 dias para ser superada, então calma e paciência são fundamentais.
Li o Estadão de cabo a rabo, ontem e hoje. Outro que podia aprender a ficar de boca calada, com o maior respeito, é o Papa. Este livro que ele acaba de soltar… pelamordedeus!!!!

é isso, por fernando stickel [ 12:55 ]

vectra


Ufa! Chega de musculação!
Vendi esta estação Vectra, que me auxiliou muito durante certo período da minha vida. Depois, como tudo muda, mudei eu também, e hoje sou adepto de maneiras menos radicais de deixar o corpo (razoavelmente) em ordem.
Descobri depois de muito procurar que no meu caso, com duas cirurgias de hérnia de disco, a combinação pilates + natação é excelente.

PS: … e muito, muito alongamento… é chato e necessário, MUITÍSSIMO necessário!

é isso, por fernando stickel [ 13:07 ]

dores lombares

Estou feliz.
Lentamente, muito lentamente vou sentindo melhoras nas minhas dores lombares. Quero crer que é por conta das aulas de Pilates, fornecendo uma consciência postural em tudo o que você faz no dia-a-dia. Hoje, por exemplo, acordei sem dor, fiz a aula e continuo sem dor, o que é excepcional!
Minha professora Giu Bergamo me proibiu, pelo menos por enquanto, de andar de bicicleta, então faço andando tudo o que fazia antes de bicicleta.
Só quem tem dores lombares crônicas, ou já passou por cirurgia hérnia de disco pode entender bem do que estou falando.

é isso, por fernando stickel [ 12:48 ]

coisas no estúdio

Coisas no estúdio.
Dentro do vidrinho encontram-se os restos cirúrgicos da minha hérnia do disco, L5-S1, operada em 1990.

é isso, por fernando stickel [ 22:13 ]

luz no fim do túnel

Parece que estou vendo a luz no fim do túnel. Crises em cima de crises de dor nas costas, sequelas das cirurgias de hérnia do disco, me lançaram num profundo mau humor e provocaram também ampla pesquisa de possíveis soluções.
Saio da minha segunda sessão de Pilates, método inventado pelo alemão Joseph Pilates, com a certeza de que esta é uma solução para o momento. O tempo dirá se estou certo.

é isso, por fernando stickel [ 11:39 ]

santo protetor

Acho que o Santo Protetor dos Operados de Hérnia do Disco me abandonou.
Dor nas costas, no joelho, no lombo, rigidez matutina, um monte de porcaria que me deixa de profundo mau humor. Acho que o Santo foi tirar férias remuneradas junto com os deputados em New York, ou com os grevistas da receita federal, inss, caixa, etc… Bando de fdp! Vou agora às 14h na fisioterapia, já entrei no VIOX, desculpem-me o desabafo, mas tudo isso é MUITO chato!

é isso, por fernando stickel [ 12:35 ]