aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘mercedes-benz’

rally quadrifoglio


Arthur Stickel, navegador e eu piloto conquistamos em 29/10/2017 o primeiro lugar na categoria F – Esportivos Europeus 1961 a 1970 no Rally Quadrifoglio 2017 – Circuito das Nascentes, promovido pelo Alfa Romeo Clube do Brasil, 6ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Regularidade da FBVA.


A grande vencedora, mais uma vez… Mercedes-Benz 280 SL 1970, primorosamente restaurada pela oficina A. M. Marcelo.


Na classificação geral obtivemos o segundo lugar, em um total de 56 carros participantes.

é isso, por fernando stickel [ 7:42 ]

2º lugar para pagoda!


A Mercedes-Benz 280SL 1970 Pagoda ganhou no dia 7/10/2017, (uma data palindromica) o segundo lugar no “Concours D’Elegance Car Day Brasil 2017”, julgado por juízes internacionais da FIVA, Féderation Internationale des Véhicules Anciens.

Os premiados na categoria Esportivos Europeus, Classe F 1961 a 1970:
1º Lugar – Ferrari 365 GTC Pinin Farina – 1969
2º Lugar – Mercedes-Benz 280 SL – 1970
3º Lugar – Ferrari 330 GT coupe – 1965

O certificado foi assinado por Patrick Rollet, presidente da FIVA, um dos juízes, e por Roberto Suga, presidente da FBVA

O evento se realizou no maravilhoso campo de polo da Sociedade Hípica Paulista, promovido pela Federação Brasileira de Veículos Antigos FBVA em comemoração ao seu aniversário de 30 anos e foi produzido pelo Grupo Siquini.

Tenho particular orgulho em receber este prêmio porque representa o reconhecimento de um trabalho sério de restauro, seguindo o lema SOMENTE A PERFEIÇÃO!!! Foram cerca de 10 anos de trabalho, entremeados de uso do carro, participação em rallyes, etc…


Devo creditar este importante prêmio à dedicação e competência da oficina A. M. Marcelo, responsável pela desmontagem completa do carro, funilaria, pintura e remontagem, processo que levou ano e meio.

Obrigado à família Petriccione, ao Zeca chefe da oficina, ao Dirceu mago dos metais e a todos que colaboraram no processo hercúleo de trazer a máquina ao seu esplendor original.

é isso, por fernando stickel [ 8:39 ]

rally dos vinhedos


Fotos Rose Salmon

Minha navegadora Sandra, que por coincidência também é minha mulher, me surpreendeu no “VI Passeio Cronometrado dos Vinhedos”. Seu discurso pré-rallye, ainda em São Paulo era o seguinte:

– Não quero ficar olhando planilha, quero ver a vista, a paisagem, sem preocupações.

Aceitei sua decisão e nem cronômetro levei para Bento Gonçalves, pensando em simplesmente grudar no competidor à minha frente e segui-lo. Por prudência zerei o hodômetro e disparei o cronômetro do meu celular na saída.
Assim que foi dada a largada, Sandra começou a acompanhar a planilha e a me perguntar a quilometragem no hodômetro e o tempo no cronômetro, aí eu disse:

– Mas você me disse que não queria olhar planilha!

Aí eu entendi que quem estava sentada à minha direita era a Sandrinha altamente competitiva, que adora desafios, que quer vencer, que não sai à chuva se não for para se molhar, e assim prosseguimos com alguns desacertos, e muitos acertos, suficientes para nos colocar no 12º lugar!!!

É um prazer estar casado com esta fera!!!

é isso, por fernando stickel [ 14:23 ]

rally dos vinhedos

Um grupo de amigos paulistanos resolveu participar do “VI Passeio Cronometrado dos Vinhedos” no sabado 8 de Julho 2017. Chegamos ao Vale dos Vinhedos no dia 4 Julho e passeamos durante três dias pela linda região nos nossos carros clássicos.

A largada foi na Vinicola Miolo no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, RS e o almoço no Restaurante Caminho do Trem em Farroupilha.

O Veteran Car Club dos Vinhedos foi o impecável anfitrião do evento. Esta foi uma das etapas da II Copa Gaucha de Rally de Regularidade Historica e do IX Campeonato Brasileiro “Baterias Cral” de Rally de Regularidade Historica.

Foram aproximadamente 180 km conduzidos por areas cobertas por parreirais, plátanos e araucárias, conhecida como a região que produz os melhores vinhos brasileiros e representa o legado cultural e histórico deixado pelos imigrantes italianos chegados ao Brasil em 1875 na região da Serra Gaucha.

Sandra como navegadora e eu como piloto obtivemos o 12º lugar!! Isso apesar de eu ter esquecido o cronômetro e ter usado o celular!!! A Mercedes-Benz 280SL 1970 “Pagoda” mais uma vez se comportou impecavelmente!!!

é isso, por fernando stickel [ 8:59 ]

partiu rallye dos vinhedos!


Partiu VI Passeio Cronometrado dos Vinhedos!! Estamos embarcando para Bento Gonçalves, RS.
Perfeitamente organizado pelo Veteran Car Club dos Vinhedos e seu presidente Leandro Mazzoccato.
Já que o frio está pouco aqui em Sampa vamos em busca de mais frio para nosso rallye! Serão 120 carros clássicos de todo o Brasil!!


Os carros de um grupo de São Paulo já estão em Porto Alegre nos esperando, foram transportados pela Tegma, a Mercedes-Benz 280SL 1970 pronta para a competição!
Outros colegas paulistanos destemidos irão ao Sul pilotando suas máquinas!

é isso, por fernando stickel [ 9:35 ]

mercedes-benz pagoda

mercedes-am
Quase pronta!!!
Depois de um ano e um mês de trabalho, o restauro da Mercedes-Benz 280 SL 1970 (Pagoda) aproxima-se do final!
Desmontagem completa, funilaria e pintura completa, remontagem completa, capota de lona nova, instalação de ar-condicionado original Frigiking, reforma do cabeçote do motor, 100% das borrachas novas, 100% dos frisos e cromados novos (ou recondicionados), e mais alguns milhões de pequenos detalhes, sempre seguindo a originalidade do modelo W113.
O motor já virou, mas o carro ainda não andou, o que deve ocorrer nos próximos dias…
O cidadão que aparece na frente do carro na foto é o responsável pelo renascimento, trata-se do fabuloso Zeca, chefe da oficina A. M. Marcelo, onde se processa o milagre!

é isso, por fernando stickel [ 14:18 ]

mercedes em krakov

krakov

mercedesbenz
No nosso destino inicial, a cidade de Cracóvia na Polonia, encontramos no centro histórico esta bela Mercedes-Benz na esquina de Szpitalna x Mikolajska.

é isso, por fernando stickel [ 9:02 ]

remontando a pagoda

tanque
Suspensão traseira, diferencial, eixo cardã, freios, linhas de combustível, dutos de freio, cabos do freio de mão, bomba de combustível, tanque de gasolina, tudo revisado e remontado nos seus devidos lugares, esta é a situação hoje da Mercedes-Benz 280SL 1970 “Pagoda”!

é isso, por fernando stickel [ 17:00 ]

pagodas na a.m.marcelo

pagodas
No último sábado meu amigo Miguel fez esta foto na oficina autorizada Mercedes-Benz A.M.Marcelo, com nada menos que oito Pagodas em diversos estágios de recuperação, alguns, como o meu, realizando funilaria e pintura, outros somente mecânica.

Nesta linda seleção os três modelos Mercedes-Benz, 230, 250 e 280SL, cujas carrocerias são idênticas.

O meu carro na cor branca já está pintado e começa a ser remontado, o último da esquerda na foto, na cor cinza metálico, é o único que está pronto.

O modelo, código W113, foi produzido de 1963 a 1971, num total de 48.192 carros dos quais 23.885 foram 280SL, com grande parte tendo sido exportada para os Estados Unidos.

É interessante que, graças à simpatia dos proprietários e funcionários da oficina, os sábados de manhã são religiosamente reservados para visitas às máquinas, e assim, pouco a pouco os proprietários destas jóias vão se conhecendo, trocando informações, formando uma comunidade de “Mercedeiros” ou ainda “Pagodeiros”.

é isso, por fernando stickel [ 14:51 ]

pagodas na estrada dos romeiros


Passeio de Pagodas há três anos atrás, Estrada dos Romeiros…

é isso, por fernando stickel [ 17:26 ]

a hora dos cromados

cromados
A hora dos cromados. Consertar, soldar, polir, e finalmente cromar novamente. E assim a Mercedes-Benz 280SL 1970 “Pagoda” vai evoluindo no seu restauro!

é isso, por fernando stickel [ 14:04 ]

reforma da pagoda

sucata
Encontrei no retorno a São Paulo a sucata gerada na funilaria da Mercedes-Benz 280SL 1970.
O proprietário da oficina A. M. Marcelo, Matteo Petriccione me apresentou todos os pedaços de metal enferrujado retirados do carro nos últimos seis meses… A quantidade é impressionante! Atesta o quão necessária era a reforma!!

frisos
Uma enorme quantidade de peças cromadas, frisos, para-choques, acabamentos, etc… tem que ser analisadas uma por uma para se verificar se estão em ordem para a remontagem do carro, os materiais vão do aço ao alumínio, passando por inox e ligas exóticas. Zeca, o chefe da oficina e o Magiola, montador, examinam e separam.

prep
Os ultimos retoques na preparação da carroceria antes de se iniciar a pintura final, no código 050 – Branco.

matteo
Matteo e a tampa do porta-malas em alumínio, internamente com a pintura concluída em preto fosco.

é isso, por fernando stickel [ 17:28 ]

mercedes no fim da funilaria

pa1
O painel traseiro se junta à carroceria, fechando o conjunto do porta-malas da Mercedes-Benz 280 SL 1970.

pa2
A solda MIG une as peças minuciosamente, a grande quantidade de pontos ajuda na rigidez da estrutura, particularmente importante em um carro conversível.

pa3
Esta é a última grande etapa da funilaria, o carro agora seguirá para acabamento, lixa e pintura!

é isso, por fernando stickel [ 16:15 ]

porta-malas novo

pm1
Este é o assoalho original do porta-malas da Mercedes-Benz 280 SL 1970, totalmente enferrujado.

pm2
O “master funileiro” Dirceu copia a peça em papel e transfere o desenho com precisão para uma chapa de aço virgem, trabalhando-a no martelo, prensa e outras ferramentas especializadas até reproduzi-la com perfeição!

pm3
A peça refeita em seu local definitivo. Falta apenas soldá-la.

pm4
O porta-malas antes do início do processo.

é isso, por fernando stickel [ 14:51 ]

matching numbers!

data1
Este é o “Data-Card” da Mercedes-Benz 280 SL 1970, do dia 21 Janeiro 1970, seu registro de nascimento, descrevendo o modelo e suas características, acabamentos, cores, opcionais, etc…

Quando a numeração dos componentes principais do carro (chassis, motor, câmbio) bate com os números do Data-Card, diz-se que ele é “Matching Numbers”, ou seja, 100% original conforme saiu da fábrica, uma característica altamente desejável pelos colecionadores.

A cor original do carro é o código 717, Papyrus Weiss, que é mais um cinza claro que um branco, uma cor “antiga” apropriada para carros de quatro portas. Vou tomar a liberdade de pintar o carro agora na restauração no código 050, também pintura original Mercedes da época, é um branco levemente puxando para o creme, muito parecido com a cor em que o carro estava antes do restauro.

O estofamento vermelho é o original de fábrica, assim como a capota de lona preta. Acrescentarei um opcional importantíssimo, ar-condicionado original Frigiking.

data2
O número do chassis.

data3
O número do câmbio.

data4
O número do motor.

IMG_5561.JPG
Em breve ela voltará em toda a sua glória!!

é isso, por fernando stickel [ 11:55 ]

mercedes em restauro

d1

d2
O mestre da funilaria Dirceu, da oficina A.M.Marcelo me apresenta o painel traseiro da Mercedes-Benz 280SL, construido na tesoura e no martelo por ele.
Cada parte enferrujada do carro é recortada e substituida por uma chapa nova, moldada exatamente no formato original por suas hábeis mãos.
O processo é lento, detalhista, meticuloso. Ao final do trabalho 100% da lataria terá sido revisada, consertada, liberada de qualquer partícula de tinta ou ferrugem, limpa, e receberá demãos de anti-oxidante e primer.

d3
A parte traseira do carro, sem o painel.

d4
O interior da carroceria já passou pelo processo de restauro.

é isso, por fernando stickel [ 10:06 ]

master dirceu

dirceu
Nas últimas semanas tenho visitado regularmente a oficina A. M. Marcelo, autorizada Mercedes-Benz responsável pelo restauro da Pagoda 280 SL 1970.
Acompanho com crescente interesse o trabalho do funileiro “Master” Dirceu, um artista, artesão de primeira água, preciso, calmo, eficiente, de poucas palavras.
As peças deterioradas pela ferrugem cedem lugar a chapas novas, moldadas com precisão germanica, impossível diferenciar a nova peça restaurado do original decaído.
Uma hora é a solda MIG, em outra o oxi-acetileno, depois o martelo, a serra e a tesoura, tudo em uma sequência lógica, por vezes barulhenta, mas sempre eficiente.
Nada escapa de seu escrutinio, nenhum detalhe deixará de ser corrigido, tudo caminha para a perfeição absoluta!
É um enorme prazer acompanhar a evolução deste trabalho!!!

dirceu2
Chassis, portas, painéis, tudo alinhado, aço, alumínio, tudo no seu lugar!

é isso, por fernando stickel [ 23:22 ]

restauro da pagoda

tra
O restauro da Mercedes-Benz 280SL 1970 prossegue:

Após a eliminação dos defeitos nas portas elas foram recolocadas na carroceria e aí descobriu-se que o carro estava torcido.

Para resolver o problema coloca-se o chassis/monobloco em um gabarito e a estrutura toda é realinhada.

Após a operação de realinhamento são soldadas travas provisórias, imobilizando a estrutura na posição correta, permitindo o casamento perfeito de todas as peças da carroceria.

é isso, por fernando stickel [ 16:09 ]