aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘casamento’

casamento em punta del este

Nós vamos dar um pulinho ali em Punta Del Este para o casamento da Clara & Felipe, té já!

é isso, por fernando stickel [ 23:10 ]

casamento martha e erico

cas
Começo do ano é uma época tranquila para os projetos, portanto propícia para limpezas e organizações gerais no escritório.
Decidi abrir caixas de arquivo fechadas há décadas, e começo a descobrir pequenas jóias, como por exemplo o convite de casamento dos meus pais Martha e Erico em 6 Janeiro 1947.
Se meu pai estivesse vivo, aos 96 anos de idade, estaria casado há 69 anos…

con
Após a cerimônia religiosa, recepção na Rua dos Franceses 324 na Bela Vista, a casa onde minha mãe, eu e meus irmãos nasceram, e onde meus pais viveram até o falecimento do meu pai em 2004.
con2
Menu amplo e curioso… A cargo do Automóvel Club de São Paulo.

é isso, por fernando stickel [ 14:36 ]

casamento antonio e rubia

Ontem, 7/11/2015,casamento do meu filho Antonio com a Rubia!! Em breve nascerá meu segundo neto!! Parabéns aos recém casados, bem-vindo bebê!!!

cas1
Os noivos e as madrinhas, Fernanda Stickel e Tati Nolla perante a juiza de paz.

cas2
Aguardando a hora no cartório!

cas3
O almoço.

cas4
Casados!

é isso, por fernando stickel [ 18:34 ]

casamento renata & james

lar
Casamento da Renata & James, com a bênção da natureza!

é isso, por fernando stickel [ 8:11 ]

aniversário de casamento

nois2
Estas criaturas fazem hoje, 12 Novembro 2013, aniversário de casamento!
Sandra e eu estamos juntos há um monte de anos, e casados há exatos sete, felizes e contentes!
Na foto no British Museum usamos na lapela a “Poppy”, símbolo da campanha “The Royal British Legion”.

é isso, por fernando stickel [ 18:00 ]

seis anos casados!!

6-anos
… e seis anos se passaram desde que, em um delicioso almoço de domingo, Sandra e eu celebramos nosso casamento em 12 Novembro 2006!!!
… e continuamos a celebrar em uma dúzia de anos juntos, cheios de amor, trabalho, prazer, crescimento, filhos, neto, Jimmy, viagens, arquiteturas, artes, esportes, terceiro setor, etc… etc… etc…

é isso, por fernando stickel [ 8:25 ]

apartamento na r. rocha

rocha1
Em 1966, poucos meses antes de completar 18 anos, comecei a namorar a Alice, e nós não tinhamos, como todos os jovens daquela época, um lugar nosso, para curtir.
Na casa dos pais impossível namorar, os tempos eram outros… o recurso eram as viagens ou o carro, nas famosas “corridas de submarino”.
Depois de algum tempo cansamos de namorar na rua e decidimos alugar um apartamento só nosso, e foi o que fizemos. Encontramos uma kitinete na Rua Rocha, bairro da Bela Vista (Bixiga), o prédio devia ter umas oito por andar…
Pintei a porta de entrada de vermelho, como em Londres, e o carpete de Sisal era cinza claro. Compramos cama, mesa, cadeiras, fogãozinho, tudo funcionava e passávamos deliciosos fins-de-semana brincando de casinha, cozinhando macarrão. Eu levei materiais de desenho e ficava produzindo minhas artes, a Alice dedicava-se à leitura.
Apenas alguns amigos íntimos sabiam da existência do nosso “ninho” e algumas vezes emprestávamos o apartamento para os mais necessitados…
Casamos em 1971, e nos primeiros meses após o casamento moramos na casa dos meus sogros, com a convivência aprendi a gostar muito deles, e mesmo aprendi um pouco de árabe, pois eles só conversavam entre si nesta fascinante língua!

é isso, por fernando stickel [ 18:14 ]

festa sofisticada


Ontem, no Jardim Botânico de São Paulo, estivemos no casamento da Camila e do Guilherme.
Posso dizer com segurança que nunca estive em uma festa tão perfeita, linda, enorme, bem servida, tranquila, sofisticada, impecável.


A sofisticação do bolo exigia tocar nas flores de açúcar para acreditar que não eram naturais!

é isso, por fernando stickel [ 12:17 ]

aniversário de casamento

é-nóis
Foto Instagram by Arthur Stickel

Sandra & Fernando
É nóis! É hoje!
Eu guento ela e ela guenta eu
Eu amo ela e ela ama eu
E assim nós vamos andando
5 anos de casados e 11 anos juntos!

é isso, por fernando stickel [ 17:32 ]

royal wedding


The Royal Wedding

Pode falar o que quiser, mas esse casamento foi o máximo.
Basta, para começar, uma noiva linda, elegante, bem vestida, bem colocada.
O aparato, impecável, a cidade maravilhosa, sem chuva, uma coleção de carros irretocável, o que mais precisa?

Congratulations, William & Kate!

é isso, por fernando stickel [ 10:46 ]

copacabana palace


Fomos ao Rio de Janeiro para um casamento, no Copacabana Palace. Nos hospedamos lá mesmo, para facilitar e também matar a saudade de um ícone.
Pois bem, de sexta-feira à tarde, quando chegamos, até ontem, assistimos a um fenômeno que eu nunca tinha visto de perto, a histeria das fãs.
Estavam hospedados no hotel:
– Conjunto musical Jonas Brothers.
– Elenco do filme Crepúsculo.
– Elenco do filme Velozes e Furiosos.
Centenas de adolescentes permaneceram o tempo todo na porta do hotel, gritando a cada aparição dos ídolos na janela.
Com sol, chuva, de dia e de noite. Muitas choravam desesperadas. Dentro do hotel, conversamos com um grupo que havia economizado mesada para se hospedar no hotel e ficar próximo dos ídolos.
Grades e seguranças 24 horas/dia, e cartões especiais de identificação para os hóspedes.
Por sorte haviam janelas duplas nos quartos….

é isso, por fernando stickel [ 14:07 ]

royal garden


Casei com Maria Alice Kalil em 1971 e nossa lua-de-mel foi em Londres, no Royal Garden Hotel, esquina da Kensington High Street com Kensington Gardens.
Lembrava-me muito bem da localização, porque parece que o hotel está dentro do parque, com vista magnífica do quarto.

é isso, por fernando stickel [ 12:20 ]

casamentos…

– Amor, tive um sonho maravilhoso. Sonhei que você me dava um colar de diamantes no meu aniversário. O que será que isso quer dizer?
No que o marido responde:
– Você vai saber no dia do seu aniversário.
Chega o aniversário da esposa e o marido entra em casa com um pacote na mão. A mulher emocionada não consegue parar de tremer as mãos, rasga nervosa o papel, abre rapidamente a caixa e encontra um livro intitulado:
“O Significado dos Sonhos”

Os noivos estavam a caminho da igreja quando morrem num acidente de automóvel. Chegando no céu, a noiva protesta:
– Puxa, São Pedro, logo hoje que a gente ia casar, acontece uma dessas… Assim é a vida, digo, a morte, – objeta o guardião do paraíso.
– Mas será que não dá para o senhor quebrar um galho – diz o noivo – e São Pedro: – espera aí, deixa ver o que posso fazer…
Duas horas depois, ele volta trazendo um padre à tiracolo.
– Ok! Trouxe um padre para fazer o casamento de vocês. Mas tem uma condição… aqui não tem divórcio! O casamento vai ter de ser por toda a eternidade…
– Puxa, mas toda a eternidade é muito tempo! – reclama o noivo – E se o nosso casamento não der certo?
– Azar o de vocês! Para achar um padre aqui no céu já foi um custo, imagina um advogado!!

Uma jovem senhora foi enviada pela empresa onde trabalhava a fazer um curso de atualização de duas semanas na Inglaterra. O marido a levou até o aeroporto. Na despedida, disse:
– Boa viagem querida!
– Obrigada, meu amor. O que você quer que eu te traga de lá?
Achando-se muito engraçadinho, o marido respondeu:
– Me traz uma inglesinha!
A esposa não disse nada, e embarcou. Passaram-se as duas semanas e o marido voltou ao aeroporto para receber a mulher e foi logo perguntando:
– Como foi de viagem?
– Muito bem, obrigado.
– E trouxe minha encomenda?
– O que?
– A inglesinha!
– Ah, aquilo! Bem, eu fiz o que pude. Agora vamos ter que esperar alguns meses para ver se nasce menina!

é isso, por fernando stickel [ 14:41 ]

casamento da guga


Minha sobrinha Joana (Guga) mora agora oficialmente com o Nicholas, no sábado uma feijoada muito simpática comemorou o compromisso.
Os jovens parecem não gostar muito da palavra “casamento”, então agora é assim…


Lembrei-me desta pinturinha que dei a ela de presente de dois aninhos, em homenagem à sua paixão Nina, um cágado que habitou sua casa por muitos anos.
Pois é, os filhos mais velhos e agora a sobrinha casados, um neto, um filho quase adulto…

é isso, por fernando stickel [ 13:54 ]

antonio e maria

mariaa
Hoje comemoraremos em um jantar um ano do casamento do meu filho Antonio com a Maria.
Um pequeno esquema logístico permitirá que a Fernanda participe do jantar…

a1
Todos no jantar, no L’Entrecôte de ma Tante.

a2
A bisavó Martha e avô Fernando.

a3
Os irmãos, Arthur e Antonio.

a4
As cunhadas Fernanda e Maria.

a5
A avó Iris, que ficou em casa com o Samuel para a Fernanda poder vir ao jantar.

é isso, por fernando stickel [ 17:59 ]

truques masculinos

casamento
Truques masculinos para manter o casamento (para quem é casado ou que ainda pretende ser…)

Se você é casado, meu amigo, você deve saber que o segredo de tudo, ou quase tudo, está em fazer feliz a sua mulher.
Sua mulher estando feliz, sua vida será ótima. Para ajudá-lo nesta tarefa, criamos um simples e descomplicado sistema de pontos.
Faça algo que ela gosta e você ganha pontos, do contrário os pontos são subtraídos.
Você não ganha pontos por fazer algo que ela já espera. Funciona assim:

Tarefas simples:

Você faz a cama (+1)
Você faz a cama mas esquece de trocar as fronhas (0)
Você faz a cama mas esquece de trocar as fronhas e o lençol (-1)
Você deixa a tampa da privada levantada (-5)
Você troca o papel higiênico que acabou (0)
O papel higiênico acabou e você usa o lenço de papel (-1)
Quando acaba o lenço de papel você usa o outro banheiro (-2)
Você vai no mercado só para comprar papel higiênico que acabou (+5)
Na chuva (+8)
Mas retorna com cerveja (-15)
Você levanta de noite pois ela ouviu um barulho estranho (0)
Você levanta de noite mas o barulho não foi nada (0)
Você levanta de noite e o barulho era de um rato (+5)
Você mata o rato (+10)
Não era propriamente um rato, era o hamster de estimação (-40)

Social:

Você fica ao lado dela a festa inteira (0)
Você vai beber ao lado dos amigos (-2)
Entre os amigos está uma mulher chamada Shirley (-4)
Shirley é loira (-16)
Shirley é dançarina e está em grande forma (-80)
Shirley fez implantes (-180)

O aniversário dela:

Você a leva para jantar fora (0)
Você a leva para jantar fora e não é o restaurante de sempre (+1)
É o restaurante de sempre (-2)
É um boteco (-3)
É um boteco e a TV esta mostrando futebol (-10)

Passeios com amigos:

Você sai com um amigo (-5)
O amigo é solteiro (-14)
O amigo é cheio de namoradas (-27)
O amigo dirige um conversível (-80)

Uma noite fora:

Você a leva para o cinema (+2)
Para ver um filme que ela gosta (+4)
Para ver um filme que ela gosta e você odeia (+6)
Você a leva para ver um filme que você gosta (-2)
O filme se chama “O massacre da serra elétrica III” (-13)
Você mentiu e disse que seria um filme francês de amor (-135)

Grandes questões:

Ela pergunta “Eu estou gorda?” (-1) (é, você perde um ponto de qualquer jeito!)
Você pensa antes de responder (-10)
Você diz que não (-35)
Você diz que gosta dela mesmo que ela esteja gorda (-280)

Comunicação: (Ela quer contar algo)

Você ouve com uma expressão atenta (0)
Você ouve por mais que 30 minutos (+5)
Você ouve por mais que 30 minutos sem olhar em nenhum momento a TV (+10)
Ela percebe que você esta dormindo de olhos abertos (-320)

Nas compras:

Você dá a ela um cartão de crédito sem limite (+500)
Você pergunta se ela precisa mesmo de mais uma bolsa (-500)

é isso, por fernando stickel [ 13:44 ]

work shop

work
Casamento é um workshop :
Enquanto ele work ela shop!

é isso, por fernando stickel [ 14:05 ]

tcc à banca

banca
Gente, eu preciso contar para vocês a minha conquista.

Já fiz e experimentei várias coisas vida afora, importantes ou significativas na minha ótica, é lógico, o que não quer em absoluto dizer que o foram na ótica da vocês leitores e mesmo, ampliando o foco, na ótica do país, do planeta e do universo.
Ainda assim creio sinceramente ter derramado algumas gotinhas no lado positivo das coisas.
Honrei pai e mãe, escrevi dois livros, casei quatro vezes, sempre por amor e sempre acreditando que seria para sempre, tive três filhos maravilhosos, plantei inúmeras árvores, trabalhei, dei aulas de desenho durante quase vinte anos, me dediquei às artes durante algumas décadas e ao Terceiro Setor nos últimos seis anos, fui fiel aos meus amigos, farreei muito, galinhei mais ainda e creio ter magoado pouco (consideradas as proporções…).
Subi ao cume do Volcan Toco, sobrevivi a um acidente com veleiro no Canal de São Sebastião, me lancei de para-quedas, sofri duas cirurgias de hérnia-do-disco, viajei para um monte de lugares e continuo sobrevivendo com certa dignidade…

Mas hoje conquistei algo diferente, ao apresentar meu TCC da 5ª Turma do MBA FIA-CEATS em Gestão e Empreendedorismo Social à banca composta pelos professores Evandro Biancarelli e João Teixeira, na Sala da Congregação da FEA-USP.
Quase 20 meses de trabalho chegaram ao fim, é a chave de um longo, rico e trabalhoso processo.
Meu trabalho “As Fundações Familiares no Brasil, a Motivação dos Instituidores no Momento da Instituição, sua Evolução” foi considerado inédito pela banca, será publicado no site da FIA-CEATS, e adicionará uma gotinha ao conhecimento do Terceiro Setor no Brasil.

Preciso agradecer por ter tido a oportunidade de chegar ao final do MBA:
– À minha orientadora, Profª. Drª. Graziella Comini, que atuou em muitos momentos como um poderoso trator ao me arrastar para fora do lamaçal das minhas dúvidas e incompetências. (preguiça eu não tive…)
– À Sandra, minha mulher, pelo permanente incentivo e paciência.
– À Agnes Ezabella e João Lobato, Superintendentes da Fundação Stickel que seguraram a barra em muitos momentos da minha ausência,
– À Miriam, minha super secretária, sem a qual eu não chego à esquina.
– Aos meus colegas de turma, cuja companhia por si só foi motivo suficiente para permanecer na trilha.
– À Profª. Drª. Rosa Maria Fischer, professores, funcionários, colaboradores e palestrantes da FIA-CEATS, que me abriram a cabeça, e permitiram que uma grande parte de tudo o que eu aprendi pudesse ficar definitivamente incorporado ao meu ser.
– Aos instituidores, dirigentes, conselheiros e funcionários das oito fundações estudadas, que me permitiram coletar os dados do meu trabalho.

banca2
Na banca, os professores Evandro Biancarelli e João Teixeira e a minha orientadora Profª. Drª. Graziella Comini.

é isso, por fernando stickel [ 18:16 ]