aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003


Very important drawing, estilo talk a little.
Ganhei do Frederico Nasser em 17Agosto 1970.

é isso, por fernando stickel [ 14:07 ]

Onze cobras e um destino.

é isso, por fernando stickel [ 13:30 ]

Victor Brecheret, Monumento às Bandeiras no Parque do Ibirapuera, primeiros estudos na década de 20, inaugurado em 25 Janeiro 1953.

Spencer Tunick, Parque do Ibirapuera, instantâneo em 27 Abril 2002. Estou lá, sétima fila de cima pra baixo, quarta coluna da esquerda pra direita…

é isso, por fernando stickel [ 12:39 ]

AQUI ESTÁ
AQUI FICARÁ
Trabalho fotográfico que fiz na Reserva Ecológica da Juréia em 1987.

é isso, por fernando stickel [ 21:35 ]

Coisas do estúdio.

é isso, por fernando stickel [ 22:13 ]

Cris Mie desenhando hoje à tarde, no meu curso de desenho de observação.

é isso, por fernando stickel [ 22:11 ]

Wayne Thiebaud
18th Street Downgrade, óleo sobre tela, 153 x 123 cm, 1978

é isso, por fernando stickel [ 0:17 ]

A gloriosa Força Aérea Portuguesa!!

é isso, por fernando stickel [ 15:04 ]

Meu pai foi operado. Foi um choque. Agora tudo vai bem e ele se recupera rápidamente, com a ajuda da vista do terraço no quarto térreo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

é isso, por fernando stickel [ 13:51 ]

Olhando para Alcatraz em San Francisco, CA

é isso, por fernando stickel [ 22:22 ]

Fui jantar com meu filho Arthur no Nagayama, hábito de quase todas as quartas-feiras de quase todas as semanas de quase todos os anos. Adoramos comida japonesa, e ele desde sempre quer sentar ao lado do aquário, onde acompanhamos a evolução e o sumiço de peixes, a limpeza e redecoração do aquário.

é isso, por fernando stickel [ 8:32 ]

Coisas no meu estúdio.

é isso, por fernando stickel [ 18:37 ]

Na minha aula de desenho de observação com modelo vivo, calor infernal, desenho excelente.

é isso, por fernando stickel [ 18:33 ]

Revista de Antropofagia ANNO I NUMERO 4 AGOSTO 1928
Desenho de Antonio Gomide.

é isso, por fernando stickel [ 12:27 ]

Hoy se celebra el cumpleaños de 2 tía Consuelo, amiga de mi hija Fernanda!

é isso, por fernando stickel [ 13:54 ]


Estúdio do Frederico Nasser em 28/12/1975.
Da esquerda para a direita, Iris Di Ciommo, Frederico Nasser, Cassio Michalany e eu.

é isso, por fernando stickel [ 22:03 ]

New York, 1985, chá de cogumelos.
O último da direita é o David, meu vizinho no loft da 18 St., hoje em dia ele é ator da Globo, fazendo sempre papéis de gringo.

é isso, por fernando stickel [ 12:44 ]

Mais um capítulo da tragédia “BRASILEIRO ODEIA ÁRVORE”


A Prefeitura do Município de São Paulo é sem dúvida a maior responsável pelo corte e destruição das árvores da nossa cidade.
Esta constatação não é de hoje, venho acompanhando o que acontece nas nossas ruas, em particular na Vila Olímpia, Av. Nova Faria Lima e Hélio Pellegrino, há pelo menos 18 anos.
Basta um infeliz qualquer ligar para a Regional e dizer que a árvore está atrapalhando a garagem que eles vem correndo com as motosserras.
Senti um golpe mortal quase um ano atrás quando um Ficus, que eu mesmo havia plantado na esquina da R. Ribeirão Claro com Av. Helio Pellegrino, formado, copado, forte e fornecedor de sombra, foi sumáriamente cortado pela Consladel, empresa responsável pela implantação do novo “PAISAGISMO” da prefeitura.
Meu Ficus poderia tavez ter sido transplantado, mas não, dá muito trabalho, é mais fácil cortar, e depois ninguém vai reclamar mesmo, nós cidadãos somos todos uns bunda-moles, obrigados a testemunhar aos maiores absurdos, e vai reclamar pra quem? Pra prefeita?
Hoje, em um passeio de meia hora pelo novo projeto paisagístico das avenidas Nova Faria Lima e Helio Pellegrino, constatei por exemplo que os conceitos de manutenção e limpeza são inexistentes, com buracos abertos, sujeira, canos cortados esperando para transmitir tétano a quem tiver a infelicidade de cair em cima.

é isso, por fernando stickel [ 18:31 ]